Logotipo do Extraterrestes

Casos de perda temporal na Argentina

perda temporal

Segundo o CEUFO têm sido relatados casos estranhos numa região das Argentina que podem ter sido originadas por perda temporal. Entre Catriló e Santa Rosa, dois jovens relataram que se sentiram desorientados durante o trajeto. Continuaram calmamente a sua viagem, mas sem terem noção do caminho percorrido.

Já em Novembro voltou a acontecer o mesmo e eles também detetaram horários distintos, sem qualquer explicação. Um dos rapazes chamado Joel afirmou ao CEUFO que estava a conversar normalmente quando se começou a sentir desorientados e que caminhou quilómetros sem ter consciência disso.

Por curiosidade, há 10 anos atrás, um motoristas perto de Longuimay estacionou num posto de gasolina a perguntar aonde estava, porque não sabia como tinha chegado ali. Este motorista continuou a sua viagem e voltou a sentir-se desorientado, chegando desta vez a Toay.

Recentemente, novos testemunhos confirmaram essas situações anómalas em que as pessoas que transitam afirmam ter viajado quilómetro sem terem reparado. Para analisar a sua veracidade, uma equipa do CEUFO vai deslocar-se até essa região.

Para acompanhar esta história, aceda aqui

Autor do artigo: Cátia Verdier

Licenciada em Informática para a Saúde pelo Instituto Politécnico de Leiria e apaixonada pela área de ufologia. Procura desvendar toda a verdade e informar os segredos dos governos a nível mundial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Doações aos Extraterrestres

Gosta do nosso trabalho? Agora poderá ajudar-nos a continuar com este website no ar através de uma pequena doação. Mesmo que não possa contribuir, a sua visita é sempre bem-vinda!

Facebook

online prescription

Integre a nossa rede social

Procurar no Extraterrestes

Newsletter

Comentários recentes

Maria Luisa Nunes: Encontros Imediatos em Portugal: Ovnis/Extraterrestres em Alfena
vl: Hitler estava a desenvolver um OVNI para enviar bombas atómicas
Rafael: Einstein e os Ovnis

Partilhe o seu avistamento